Posted | 0 Comments

LATAM – 270 VAGAS DE COMISSÁRIOS NO ATUAL PROCESSO SELETIVO.

LATAM – 270 VAGAS DE COMISSÁRIOS NO ATUAL PROCESSO SELETIVO.

Parte das vagas já estão sendo preenchidas, mas o processo se estenderá por alguns meses.

As 270 vagas são números aproximados porque a LATAM insiste em não revelar o número , tentamos checar o número exato e não conseguimos obter uma resposta oficial da Cia. Mas fontes que participam do processo informarão que serão contratados algo em torno de 270 comissários nesse processo seletivo em andamento.

Isso ocorre devido a pouca transparência existente em todas as Cias aéreas que operam no Brasil, estamos nos referindo aqui aos processos seletivos.

A Azul tem nos demonstrado ser a empresa que mais está evoluindo para o caminho da transparência e respeito as pessoas que desejam trabalhar na mesma, tem sido mais clara em suas respostas, mas ainda precisa evoluir para chegar em um nível de transparência que seja respeitoso e humanitário. Mas está no caminho certo.

Leia também:

Azul amplia indicação de candidatos a comissários pelas escolas, muitas vagas serão preenchidas nos próximos meses pela Cia.

O Vida de Comissário tem insistido com a LATAM para entender o processo, mas a resposta vem sempre fechada e institucional que pouco clarifica. Chega próximo a um enigma a ser decifrado. Com isso a empresa perde grande oportunidade de demostrar que é moderna, atual e que de fato respeita as pessoas e tem um tratamento humanizado. Pode até ter, mas não demonstra ter. Perde grande oportunidade de fazer marketing positivo da marca junto aos consumidores, afinal todo candidato é um potencial cliente para qualquer Cia.

Nesse atual processo seletivo da LATAM, houve um burburinho no mercado de que a Cia estaria privilegiando e dando preferencia a algumas escolas de São Paulo para que indicasse seus alunos para o processo seletivo. O Vida de Comissário levou esse questionamento até a empresa que nos enviou a seguinte resposta:

“A LATAM Airlines Brasil nega veementemente que esteja privilegiando algumas escolas de comissários para suas seleções.

A companhia ressalta ainda que qualquer candidato, vinculado ou não a uma escola homologada pela Anac, pode participar do processo seletivo desde que cumpra com os pré requisitos mínimos exigidos. 

A empresa reforça que os interessados devem se cadastrar na seção Trabalhe Conosco, no site da empresa.”

Os pré-requisitos são:

“A LATAM Airlines Brasil informa que, para trabalhar como comissário de bordo na companhia, deve-se primeiro dispor dos documentos essenciais à profissão: a licença de voo concedida pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), obtida a partir de exame na agência, e o certificado médico aeronáutico, emitido por um hospital da Aeronáutica ou por uma clínica credenciada. Em termos formais, além da licença de voo da ANAC e do certificado médico aeronáutico, é necessário que o candidato, seja brasileiro nato ou naturalizado, tenha idade mínima de 18 anos e segundo grau completo. É recomendável que tenha fluência ou conhecimento de outros idiomas. Também é necessário fazer o curso de treinamento em escolas de comissários, que é pré-requisito para qualquer profissional.”

Para nós do Vida de Comissário, ficou claro a posição da empresa e que de fato não ocorreu o procedimento oficial de privilegiar escolas e seus alunos. Provavelmente que houve uma comunicação informal entre algum profissional da LATAM com escolas dizendo que estariam abrindo o processo seletivo.

Uma dessas escolas de forma equivocada e despreparada para trato da informação recebida, divulgou por algum momento em redes sócias e depois tenha tirado do ar ou retificado. Digamos que a emoção de receber a notícia tenha sido mais forte do que os cuidados de deveria ter com a mesma.

Esse tipo de fato ocorre devido a falta de transparência das empresas com o trato das informações. Isso não significa que está fazendo coisas errada, mas sim se comunicando de forma errada ou apenas se abstendo de comunicar.

LATAM, abre a caixa preta dos processos seletivos, vai lhe fazer muito bem e aumentará muito a qualidade dos candidatos, as pessoas poderão estudar de forma mais direcionada e chegarem mais preparadas para trabalhar na empresa. Isso significa menos custos com processos seletivos e treinamentos internos. Terá um ganho social e de marca gigantesco. Estamos na era da informação, a caixa de pandora se abriu a muito tempo.

Nas gestões empresariais é muito natural a indicação de candidatos por funcionários da própria empresa e também a parceria entre escolas e empresa. Isso é saudável e existe em todo o planeta, mas precisa ser de forma oficial, transparente e comunicada corretamente. Não é o tipo de informação para ser passada de forma informal, o risco de danificar a imagem empresarial é muito alto sem obter um resultado efetivo de fato.

O Vida de Comissário continua aprendendo e evoluindo a cada dia para cada vez mais orientar seu sonho. Escreva para nós e conte o que tem feito para evoluir e conquistar seu sonho.

Formulário de contato Vida de Comissário
Vida de Comissário orientando seu sonho.

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: