O que a sua mão pode revelar sobre o sucesso da sua carreira?

    Matriz chamada Stakehand elenca cinco pilares fundamentais para ser bem sucedido: força de vontade, conhecimento, resiliência, disciplina e planejamento. 

    Muitos querem se destacar no mercado, mas poucos estão verdadeiramente preparados para um crescimento profissional sustentável. O sucesso não está somente em ter uma admirável trajetória acadêmica e uma capacitação intelectual brilhante. Sem dúvida, esses são fatores são extremamente importantes, mas há outros cruciais.

    A resposta para a pergunta sobre o que faz um profissional ter sucesso às vezes parece estar distante e ser inatingível, no entanto, Luciano Salamacha comprova que pode estar nas próprias mãos.

    Após anos de observação e estudos, o especialista em Neuroestratégia e Gestão de Carreiras -também um dos professores mais premiados da FGV Management-, Salamachadesenvolveu a Matriz Stakehand, a mais nova metodologia de sucesso que vem sendo aderida por multinacionais e instituições de ensino em todo Brasil. O método inovador é baseado em neurociência e, agora, lançado oficialmente em livro.

    Salamacha usa a metáfora dos dedos para simplificar a alavancagem de carreiras. São cinco passos que apresentam elementos eficazes na conquista de resultados surpreendentes, cada um deles representado por um dos dedos das mãos.

    O método de StaKehand é tanto para principiantes quanto para os gestores mais experientes. “Na palma da mão é depositado o problema que requer solução e nos dedos as ações necessárias para chegar ao objetivo com um projeto, tudo baseado em cinco pilares: força de vontade, conhecimento, resiliência, disciplina e planejamento”, explica o autor do livro.

    O dedo polegar é identificado com a força de vontade; o indicador representa o conhecimento; o mindinho é a resiliência; o anelar simboliza a disciplina e o médio está associado ao planejamento. Essa ligação é justamente para facilitar a disseminação do método junto a equipes, profissionais e estudantes que queiram dar passos seguros na evolução da carreira. “É simples, e realmente a execução é bastante fácil, mas há muita ciência e teorias complexas que sustentam esta matriz”, justifica Salamacha.

    Algumas empresas de grande porte já vêm aplicando essa metodologia com sucesso. Numa delas, segundo conta Salamacha, o presidente pediu para anexar quadros com as mãos em cada departamento para que os funcionários, sempre que se depararem com um desafio, utilizem a ferramenta para encontrar caminhos seguros. Este mesmo executivo utiliza o método quando procurado por colaboradores. “A eficácia da Stakehand está na facilidade de comunicação e aplicação da matriz, que utiliza o que há de mais relevante em termos de gestão para solucionar problemas corporativos. Os resultados têm surpreendido”, afirma o autor da técnica.

    Na educação, alunos do Ensino Médio de um colégio no Paraná tiveram o primeiro contato com o método Stakehand visando orientar os estudantes sobre suas escolhas para o futuro profissional. “Essa experiência foi incrível. Ver os alunos pensativos, buscando identificar os pilares e se surpreendendo com os resultados foi impressionante. Tivemos alunos confirmando suas escolhas e outros mudando completamente depois da autoanálise”, revela Salamacha. E adianta que a metodologia já foi aprovada e será aderida por grandes grupos de ensino do País.

    O livro pode ser adquirido pelo site www.staehand.com.br, é didático e repleto de vídeos explicativos pelo próprio Salamacha, que podem ser vistos através de QR Code.

    Promoção Natura com desconto o ano todo, é um presente do Vida de Comissário para você.

    Não perca acesse AQUI e pegue seu cupom.

     

    Matriz Stakehand e seus conceitos

    Força de vontade: ela é representada pelo polegar, no qual está a digital que nos identifica em documentos oficiais. Logo, a força de vontade é sim a marca pessoal de todo profissional. É ela que nos faz trabalhar com qualquer outro dedo da mão sem nenhum problema. Embora aparentemente pequeno, é um dedo que contém forte valor em nossa vida porque proporciona o movimento de pinça, necessário para praticamente todas as atividades do ser humano.

    Conhecimento: está associado ao dedo indicador, o qual é utilizado quando queremos emitir uma opinião. Junto com seu parceiro da força de vontade, o conhecimento proporciona geração de resultados na vida de um profissional. Experimente juntar a força de vontade (polegar) com o conhecimento (indicador) e faze-los trabalhar juntos (esfregando-os). O resultado fica evidente. Juntos também são os dedos ligados a movimentos de precisão em nossa mão.

    Resiliência: é a capacidade que temos para suportar a pressão sem perder nossos valores, representada na matriz pelo dedo mindinho. Aparentemente se trata do dedo mais fraco de nossa mão, mas que junto com o anelar e dedo médio compõe os movimentos de força segundo a ortopedia. Basta analisar como pegamos uma sacola ou uma mala. A resiliência é fundamental para lembrarmos a todo instante de não subestimar nossos limites, que sempre precisamos elevar a “régua” na medida em que direcionamos nosso conhecimento e força de vontade para a geração de resultados.

    Disciplina: está no dedo anelar, onde se coloca a aliança de casamento, que representa um compromisso assumido. Todos os dias nos comprometemos tanto com nossos colegas de trabalho e clientes, quanto com aquela imagem que vemos diante do espelho. É preciso que um profissional ou uma equipe tenha ciência de quais serão os procedimentos fundamentais para que atinja o resultado desejado para evitar a flexibilização natural que os profissionais costumam apresentar neste quesito conforme sua conveniência.

    Planejamento: representado pelo dedo conhecido como pai de todos, é justamente esse o papel do Planejamento na vida dos profissionais e das organizações. A matriz estimula as pessoas a estabelecerem os considerados grandes objetivos e também os pequenos objetivos na linha do tempo.

    Deixe uma resposta