Você conhece as técnicas usadas pelo RH no momento do processo seletivo? Veja o que separamos pra vocês.

    Conheça a técnica usada pelo RH das empresas para identificar personalidades que se adequam melhor à determinada vaga.

    Conhecido como eneagrama, modelo de investigação também pode ajudar o colaborador a descobrir as razões para sua insatisfação.

    Todo mundo conhece pelo menos uma pessoa que se sente desmotivada ou deslocada no atual emprego ou na carreira escolhida. Muitos culpam o ambiente profissional, o cargo que ocupam, mas não enxergam que esse descontentamento pode estar relacionado a outros fatores. Por isso, o eneagrama, técnica usada com frequência pelos recursos humanos das empresas, é uma alternativa para ajudar a esclarecer essa sensação de inadequação.

    Pensando na importância deste tipo de tema, ainda mais num país com mais de 13 milhões de brasileiros, a Ecole Supérieure de Relooking, escola francesa referência em formação na área de consultoria de imagem, fez uma parceria com Alexandre Lima, consultor e diretor do Instituto Superatto, para um curso que acontece de 22 a 24 de setembro em São Paulo (SP) e também entre 29 de setembro a 01 de outubro em Porto Alegre (RS).

    10 passos importantes para seu sucesso, adquira o seu.

    Segundo o consultor, é fato que cada um tem uma personalidade única, entretanto, nem sempre sabemos reconhecê-la. “Alguns têm ótima capacidade de comunicação e liderança, outros são mais introspectivos, trabalham melhor em equipe, enfim cada um tem uma qualidade, que quando é reconhecida e valorizada pela empresa, traz não só benefícios ao profissional como para o próprio empregador”, destaca.

    Antes de procurar um emprego ou sair dele por insatisfação, é importante questionar-se realmente o que está por trás deste sentimento. “Mesmo porque somos mutantes e algumas características do passado mudam com o passar dos anos. Já vi profissionais que nunca se adequaram à função de gestor de equipes, mudarem de perfil e se tornarem ótimos na área. Ou aqueles que se cansaram da liderança e optaram por trabalhar de forma independente”, esclarece.

    “Conhecer as próprias qualidades, pontos fortes e fracos, dificuldades e o que gosta de fazer, ajuda na hora de procurar um emprego, se profissionalizar e se manter em uma empresa ou criar seu próprio negócio”, complementa.

    E o método eneagrama, aplicado principalmente no mercado de trabalho por recrutadores, gestores, psicólogos para identificar as características de uma pessoa ou equipe, bem como

    Individualmente, é um recurso para ajudar o colaborador que passa por esse momento de questionamento.  Trata-se de um conhecimento milenar, por meio de perguntas e usando um mapa que ilustra os caminhos da psiquê, ajuda o ser humano a se autodescobrir e perceber seus medos, bloqueios e outras energias que influenciam as atitudes e decisões tomadas no dia a dia. A atividade também ajuda a trabalhar e melhorar essas características por meio de um plano de ação de desenvolvimento específico, da personalidade de cada pessoa.

    Para auxiliar nesta tarefa, o especialista lista abaixo algumas características que devem ser observadas e avaliadas pelo colaborador insatisfeito:

    Engajamento

    Hoje em dia somente a oferta financeira não funciona como chamariz de um emprego. Será que você se acredita no que faz? Saiba que isso pode mudar com o tempo. É importante ver uma função naquilo que fazemos.

     Planejamento de carreira e crescimento
    Já se questionou como deseja estar daqui a cinco anos profissionalmente? E, como tem tratado a sua equipe, caso ocupe uma posição de liderança? É um bom ouvinte, estimula talentos? A estagnação costuma fazer o colaborador infeliz.

    Trabalho em equipe
    Não é tarefa simples lidar com pessoas, o tema é batido, mas, às vezes, lembre-se de que os demais também têm personalidades distintas e antagônicas. Como chefe, você não conseguirá mudar ninguém, mas adaptá-lo à equipe.

    Empreendedorismo

    O empreendedorismo está ligado fortemente com a criatividade. No entanto, será que todas as pessoas são criativas? Existem tipos e níveis diferentes de criatividade, que funcionam em situações distintas. Quando essas características são conhecidas, a garantia de potencialização é maior do que quando se sabe com o que lidar.

    Esse conteúdo foi útil para você?

    Escreva para nós

    Formulário de contato Vida de Comissário
    Vida de Comissário orientando seu sonho.

    Deixe uma resposta